Doe acolhimento - Casa de Apoio Madre Ana

Doe acolhimento - Casa de Apoio Madre Ana

A Casa de Apoio Madre Ana proporciona um acolhimento digno a pacientes pediátricos e adultos portadores de câncer, transplantados, com problemas cardíacos, dentre outros, juntamente com seus acompanhantes vindos do interior do Estado e de outros estados brasileiros. São pessoas de baixa renda que necessitam de um suporte integral durante o período do seu tratamento na Santa Casa.

Os hóspedes recebem moradia, alimentação, material de higiene, atendimento social e conforto espiritual sem nenhum custo. A Casa também oferece oficinas, apoio pedagógico, psicológico e assistencial, além de uma série de atividades voluntárias para pacientes e familiares. Tudo com um único objetivo: aumentar as chances de cura dos nossos pacientes assistidos.

A casa, localizada a poucas quadras da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, conta com Brinquedoteca, pracinha com brinquedos adaptados, cozinha, refeitório, sala de costura, espaço de acolhimento e a Biblioteca Jardim das Letras. A Gruta Gruta Nossa Senhora de Lourdes e a Capela Sagrado Coração de Jesus são espaços de acolhimento espiritual e oferecem missas e atividades religiosas abertas à comunidade.

A Casa de Apoio Madre Ana funciona exclusivamente através de doações. Em média, são necessários 65 mil reais por mês para oferecer moradia, alimentação, material de limpeza e de higiene para todos os hóspedes. Desde a sua inauguração, em 2016, mais de 3,5 mil hóspedes passaram pelo espaço, sendo 60% provenientes de fora do Rio Grande do Sul. Na maioria dos casos são crianças com doenças do coração, com necessidade de transplante ou com câncer. Abrace nossa causa!

 


COMO AJUDAR

1. Doação rápida pelo site
Clique em Doar ou Doar mensalmente e colabore através do cartão de crédito ou boleto bancário.

2. Depósito Bancário
Realize um depósito ou transferência bancária para uma das opções abaixo:

Banco Itaú - 341
Agência: 5906
Conta: 17293-6
CNPJ: 92.815.000/0001-68
 

Banco Banrisul 041
Agência: 0062 para depósito
Conta Corrente: 06061790-60

CNPJ: 92.815.000/0001-68


3. Boleto mensal
Contribua com qualquer valor mensal pelo período de um ano. Solicite envio do boleto para sua residência por meio do e-mail projetos@santacasa.org.br.

 

4. Doação direta na Santa Casa
Com a mesma credibilidade da doação pelo site, você pode realizar diretamente no setor Financeiro/Tesouraria da Santa Casa
Endereço: Rua Prof. Annes Dias, 295 (De segunda a quinta, das 9h às 11h e das 14h às 16h. Sextas-feiras, das 9h
às 12h e das 14h às 16h). Doações diretas para esta causa não podem ser abatidas no Imposto de Renda. Para benefícios de insenção fiscal - IR, clique aqui
 

5. Débito Automático Mediante Autorização do Cliente
Débito mensal de sua conta corrente. Entre em contato pelo setor de Captação de Recursos da Santa Casa pelo telefone (51) 3214 8978 ou 3213 7300, pelo e-mail projetos@santacasa.org.br ou diretamente com a Casa Madre Ana pelo telefone (51) 3228 5208 ou e-mail casadeapoio@santacasa.org.br.


6. Outras formas de apoiar

Você também pode ajudar a Casa de Apoio Madre Ana com doações de alimentos não-perecíveis, produtos de higiene e limpeza, mobiliário ou eletrodomésticos, livros para a nossa Biblioteca e roupas, calçados e acessórios para a nossa Venda de Garagem. Doações podem ser entregues diretamente na portaria da Casa, de segunda a sexta, das 8h às 18h e aos sábados e domingos, das 8h ao meio-dia e das 13h às 18h: Rua Vigário José Inácio, 741 (em frente ao hotel Embaixador), no Centro-Histórico. Temos garagem no local!


Acompanhe a Casa de Apoio Madre Ana nas redes sociais. Saiba mais sobre o dia a dia dos hóspedes, eventos e ações clicando abaixo: 

Facebook 

Instagram

 

Biblioteca Jardim das Letras

A Biblioteca Jardim das Letras conta com um catálogo de mais de 7 mil livros à disposição de todos os hóspedes da Casa de Apoio Madre Ana. O espaço foi uma iniciativa liderada pela jornalista Tânia Carvalho, que fez uma grande campanha de arrecadação de livros. A ela, juntou-se a bibliotecária Graça Lubisco Leães, que é a responsável pela catalogação e organização de todos os livros. A Biblioteca conta, ainda, com o apoio de um grupo de voluntárias da Santa Casa.